Notícias

21 Maio 2017

A Cal na Arte e no Património Edificado

Data limite: 15 de Junho I Simpósio Ibérico “A cal na arte e no património edificado”, 19-20 de Outubro, Évora. A cal tem vindo a ser utilizada na Península Ibérica através dos séculos como um elemento-chave para a definição da especificidade do património arquitectónico e artístico construídos neste território. As suas características físicas, químicas e plásticas, converteram-na num material de excelência para ser aplicado através de uma multiplicidade de técnicas, constructivas e decorativas, profundamente enraizadas no contexto ibérico. As valências da cal no domínio da reabilitação do património histórico e cultural encontram-se, desde há muito, comprovadas, circunstância que coloca este material […]...
21 Maio 2017

Curso Livre “Azulejaria de Fachada”

Formador: Francisco Queiroz | Início: 20 de Maio | Porto Neste curso livre, aborda-se a azulejaria aplicada à arquitectura portuguesa do século XIX e do início do século XX, focando especialmente a azulejaria de fachada e tentando responder às questões: “como”, “quando”, “quem” e “porquê”. A abordagem é interdisciplinar e minimamente aprofundada, cobrindo a análise histórica, a análise artística e iconográfica, os artistas e as fábricas, a integração na arquitectura e alguns dos casos mais interessantes. Em certos tópicos, são apresentados dados inéditos, fruto de investigação recente. No final da formação, haverá uma visita guiada, na qual abordar-se-ão também algumas […]...
21 Maio 2017

Colóquio “Património Cultural Religioso: Memória e Identidade. A Misericórdia de Braga: Devoção, Generosidade e Arte”

14 e 15 de Julho | Centro Interpretativo Memórias da Misericórdia de Braga – Palácio do Raio | Braga O património histórico-cultural é um bem precioso da humanidade e um espaço privilegiado de memória histórica. Guilherme de Oliveira Martins (2009) referindo-se a “Património, Herança e Memória”, cita Santo Agostinho que, em Confissões (Livro XI, capítulo XX), identifica e define “Um presente das coisas passadas, um presente das coisas presentes e um presente das coisas futuras. O presente das coisas passadas é a memória, o presente das coisas presentes é a vida e o presente das coisas futuras é a espera”. Para […]...
21 Maio 2017

Congresso Internacional URBISMADĪNA “A Imagem da Cidade Medieval na Península Ibérica (Séculos XII -XIV)”

31 de Maio a 01 de Junho | Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa Esta iniciativa decorre dos Workshops Internacionais URBISMADĪNA, desenvolvidos com o propósito de criar um campo para a apreensão da dupla realidade urbana da Península Ibérica, na Idade Média: a Urbis cristã e a Madīna islâmica e a suas transferências. Tal como nesses encontros anteriores, o Congresso Internacional URBISMADĪNA constitui-se como um espaço propício para o desenvolvimento de abordagens interdisciplinares, que passam por várias metodologias de estudo e de análise. A partir de perspectivas de investigação nas áreas de História, Arqueologia, Literatura, História […]...
21 Maio 2017

Curso “Fotografia: Arquivo, Teoria, História”

18 a 22 de Setembro | Coordenadora: Filipa Lowndes Vicente | ICS – Universidade de Lisboa Encontram-se abertas as inscrições para este Curso da Escola de Verão do ICS, que tem como objectivo gerais: explorar caminhos teóricos e perspectivas críticas, mas oferecer a possibilidade de contacto directo com o objecto-fotografia, com o arquivo, com a experiência material e histórica do mais dominante documento visual da contemporaneidade. Destinatários: estudantes universitários de vários níveis, académicos, arquivistas, profissionais de museus, jornalistas, professores do ensino secundário, realizadores, fotógrafos, artistas. +info/fonte: www.ics.ul.pt/instituto/?doc=35200000001&ln=p&mm=4&mnid=3&ctmid=5...
7 Abril 2017

Curso Livre “O Azulejo Está…”

Coord.: Rosário Salema de Carvalho | Início: 02 de Maio | Lisboa. O curso, conduzido por Rosário Salema de Carvalho, estrutura-se em cinco sessões teórico práticas organizadas, após uma sessão introdutória, por locais de aplicação do azulejo – igrejas, palácios, fachadas e novos equipamentos urbanos.  +info/fonte: www.artis.letras.ulisboa.pt/eventos,9,1018,detalhe.aspx...
7 Abril 2017

Conferência “O Património Artístico da Igreja Matriz de Arruda dos Vinhos”

Oradora: Ana Raquel Machado | 08 de Abril | Biblioteca Municipal Irene Lisboa | Arruda dos Vinhos. Iniciativa realizada no âmbito das Comemorações dos 500 anos do Foral de D. Manuel I à vila de Arruda dos Vinhos – Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos. A obra de arte define-se como um objecto ideologicamente comprometido, de carácter vivo, inesgotável e global. Compete ao historiador de arte estudar as obras de arte nas suas componentes múltiplas, como produtos específicos de conjunturas, épocas e tempo histórico. É imperativo situar as obras em contexto, entendê-las como objectos vivos e como testemunhos estéticos dotados […]...