Bolsas de Estudo e Investigação da Fundação Oriente | Data limite: 31 de Janeiro.

Data limite: 01/01/1970

O programa de bolsas de estudo da Fundação Oriente, um dos elementos fundamentais da sua actuação no domínio da formação, tem como principais objectivos incentivar a investigação nas áreas das ciências sociais e humanas em temas relacionados com o Extremo Oriente, promover o intercâmbio científico entre universidades e as comunidades científicas portuguesas e orientais, promover o conhecimento e o aperfeiçoamento da língua e da cultura portuguesas e das línguas e culturas orientais, proporcionar o aperfeiçoamento artístico, contribuir para a formação de quadros através da concessão de bolsas para a frequência de cursos superiores a estudantes orientais de grande potencial e fracos recursos económicos e proporcionar o acesso à formação média e profissionalizante a estudantes orientais de menores recursos económicos.

São os seguintes os tipos de bolsas atribuídos pela Fundação Oriente:
I. Bolsas de Estudo de Curta Duração.
A Fundação Oriente concede bolsas de curta duração a nacionais de países do Extremo Oriente para frequência de cursos e realização de estágios e visitas de estudo em Portugal, e a cidadãos portugueses com os mesmos objectivos, em países do Extremo Oriente. As bolsas têm uma duração mínima de 30 dias e máxima de 90 dias.
A Fundação Oriente concede, preferencialmente, bolsas nas seguintes áreas: Artes Plásticas, História, História da Arte, Design, Fotografia, Arquitectura, Museologia e Conservação e Restauro e Antropologia. Será dada prioridade às candidaturas cujos resultados concretos possam vir a dar origem à realização de actividades no Museu do Oriente.

II. Bolsas Anuais
i) Bolsas para Frequência de Cursos de Aperfeiçoamento de Língua e Cultura Portuguesas e de Línguas e Culturas Orientais.
A Fundação Oriente concede bolsas de estudo a candidatos nacionais de países do Extremo Oriente para a frequência de cursos de língua e cultura portuguesas promovidos pelas universidades portuguesas, e a cidadãos portugueses para a frequência de cursos de línguas e culturas de países do Índico e do Pacífico, promovidos por instituições oficiais daqueles países. A duração é de um ano lectivo, podendo este prazo, no caso das bolsas para aperfeiçoamento de línguas e culturas orientais, ser excepcionalmente prorrogado por períodos iguais ou inferiores, até ao limite de três anos lectivos.
As bolsas destinam-se a candidatos que pretendam aperfeiçoar os seus conhecimentos das línguas mencionadas. Os candidatos deverão ter estudado, pelo menos durante um ano lectivo, num estabelecimento de ensino reconhecido.
Para aperfeiçoamento de língua e cultura portuguesas, não serão aceites candidaturas de estudantes que já estejam a viver em Portugal e/ou que já tenham beneficiado de uma bolsa de estudo de outra instituição para o mesmo objectivo.
ii) Bolsas de Investigação e Doutoramento.
A Fundação Oriente concede bolsas de estudo para a realização de teses de doutoramento e de trabalhos de investigação em temas que relacionem o Extremo Oriente e Portugal nas áreas das ciências sociais e humanas dando-se prioridade a temáticas relacionadas com as colecções do Museu do Oriente. As bolsas têm a duração de 12 meses podendo este prazo ser excepcionalmente prorrogado, por períodos iguais ou inferiores, até ao limite de 36 meses. Não serão aceites candidaturas de estudantes que já tenham beneficiado de uma bolsa de estudo de outra instituição para o mesmo objectivo.

+info/fonte: http://www.foriente.pt/

Consultar fonte