Conferências

17 Maio 2018

LisboaI, Património e Casas Antigas

Ciclo de Conferências | Início: 17 de Maio | Palácio Nacional da Ajuda | Lisboa. QUINTA FEIRA 17 DE MAIO | 18H30 Classificação do património residencial em Portugal (1910-2016), por Ana Motta Veiga, Arquiteta (UAP) especializada em reabilitação da arquitetura. Doutoranda em Conservação e Restauro na FAUL. TERÇA FEIRA 5 DE JUNHO | 18H30 Um tratadista do Séc. XVIII, José Manuel de Carvalho Negreiros, por Jorge Brito e Abreu, Arquiteto. QUINTA FEIRA 21 DE JUNHO | 18H30 Ainda há surpresas em Lisboa, por José Sarmento de Matos, Olisipógrafo. QUINTA FEIRA 5 JULHO | 18H30 Intervenção no Palácio dos Condes de […]...
16 Maio 2018

Seminário Transfronteiriço – Quatro Estações no Rio Tejo

Oradores: José Manuel Garcia, Pedro Flor e Paulo Almeida Fernandes | 18 e 19 de Maio | Museu de Lisboa – Palácio Pimenta | Lisboa. Encontro organizado pelo Comité Español de Historia del Arte (CEHA) e apoiado pela Associação Portuguesa de Historiadores de Arte (APHA), o seminário é uma iniciativa integrada no Ano Europeu do Património Cultural 2018 e tem por objectivo fomentar o sentimento de pertença e respeito em relação a um património em redor do rio Tejo, elemento de coesão de uma diversidade cultural que ultrapassa fronteiras geográficas. Consta de “quatro estações” que correspondem aos marcos patrimoniais mais […]...
19 Março 2018

1.º Encontro Investigações no Âmbito do Programa de Doutoramento HERITAS – Estudos do Património

23 de Março | Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. O 1.º Encontro – Investigações no âmbito do Programa de Doutoramento HERITAS – Estudos do Património tem como objetivo a apresentação dos trabalhos que têm vindo a ser desenvolvidos pelos alunos dos cursos de doutoramento da Universidade de Évora e da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa inscritos na sua primeira edição (2014-2015). Organização – Alice Nogueira Alves (FBAUL-CIEBA) e Paulo Simões Rodrigues (UÉVORA – CHAIA). +info/fonte: http://www.belasartes.ulisboa.pt/investigacoes-no-ambito-do-programa-de-doutoramento-heritas-estudos-do-patrimonio/...
13 Janeiro 2018

Ciclo de Seminários “Tesouros em Pergaminho – A Coleção de Manuscritos Iluminados Ocidentais de Calouste Sarkis Gulbenkian” | Início: 18 de Janeiro | Fundação Calouste Gulbenkian | Lisboa.

O ciclo de seminários «Tesouros em Pergaminho – A coleção de manuscritos iluminados ocidentais de Calouste Sarkis Gulbenkian», é resultado de uma parceria entre o Museu Calouste Gulbenkian e o Instituto de Estudos Medievais, e pretende dar a conhecer a excelência dos códices e fragmentos reunidos pelo colecionador. Embora estejam desde sempre acessíveis aos investigadores e já tenham sido estudados por especialistas, e muitos deles divulgados em circuitos internacionais e exibidos no contexto da exposição A Imagem do Tempo. Livros Manuscritos Ocidentais (2000), os exemplares desta coleção merecem uma maior divulgação junto da comunidade científica nacional e do público em […]...
10 Dezembro 2017

Colóquio/Lançamento Website “Lisboa em Azulejo antes do Terramoto de 1755”

11 de Dezembro | Museu Nacional do Azulejo | Lisboa No próximo dia 11 de dezembro de 2017, vai ser lançado no Museu Nacional do Azulejo o website intitulado “Lisboa em Azulejo antes do Terramoto de 1755”. Trata-se de um projecto de investigação do Instituto de História da Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (IHA-NOVA/FCSH) que teve como principal objectivo o estudo aprofundado de um dos mais ricos e importantes testemunhos visuais da cidade, anterior ao terrível sismo de 1755. O “Grande panorama de Lisboa”, à guarda do Museu Nacional do Azulejo (MNAz, nº […]...
27 Novembro 2017

Mesa-Redonda “Cidades Amadeo”

29 de Novembro | Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra Esta sessão do Ciclo Internacional de Mesas-Redondas Cidades de Amadeo conta com a participação de Joaquim Braga, Maria de Fátima Lambert, Osvaldo Silvestre e Marta Soares. Enquanto tema e problema, a cidade tem vindo a ser abordada por Baudelaire, Georg Simmel, Robert Musil, Walter Benjamin, Henry Lefebvre, entre outros autores e artistas. A atenção ao presente e a consciência da multiplicidade de estímulos urbanos acabaram por contaminar grande parte das propostas artísticas, tornando temas e técnicas da cidade – a velocidade, a experiência do instável, a multidão, a electricidade, o […]...
27 Novembro 2017

Conferência “Urbanismo e Religiosidade no Califado Almóada”

Oradora: Dolores Villalba Sola | 29 de Novembro | Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa A componente religiosa é fundamental na criação e no estabelecimento do califado almóada (sécs. XII-XIII), devido à sua origem a partir de um movimento religioso. Nesta conferência vamos debruçar-nos sobre a importância da religiosidade na construção histórica e cultural do califado almóada. O objectivo central prende-se, pois, com uma questão essencial: pode o desenvolvimento do urbanismo ser influenciado ou determinado por esta prática religiosa?Assim, propomos reflectir sobre a forma como a prática da religião muçulmana influenciou, de forma direta e indirecta, a […]...
7 Abril 2017

Conferência “O Património Artístico da Igreja Matriz de Arruda dos Vinhos”

Oradora: Ana Raquel Machado | 08 de Abril | Biblioteca Municipal Irene Lisboa | Arruda dos Vinhos. Iniciativa realizada no âmbito das Comemorações dos 500 anos do Foral de D. Manuel I à vila de Arruda dos Vinhos – Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos. A obra de arte define-se como um objecto ideologicamente comprometido, de carácter vivo, inesgotável e global. Compete ao historiador de arte estudar as obras de arte nas suas componentes múltiplas, como produtos específicos de conjunturas, épocas e tempo histórico. É imperativo situar as obras em contexto, entendê-las como objectos vivos e como testemunhos estéticos dotados […]...