A Associação Portuguesa de Historiadores da Arte (APHA) foi fundada em 1989, com o intuito de promover a preparação científica dos seus associados e a sensibilização da população para os valores culturais e artísticos do nosso património. A vontade de afirmar a História da Arte como ramo do saber mobilizou, então, um conjunto de professores universitários, representativos das diferentes escolas do país.

Actualmente, a APHA conta com cerca de 700 associados inscritos, entre estudantes dos três ciclos de ensino, investigadores em início de carreira, reconhecidos académicos e profissionais de diferentes áreas da cultura.

Na continuidade do trabalho desenvolvido, a APHA pretende agora consolidar a sua presença junto de associações similares, em Portugal e no estrangeiro, e impor-se como agente de diálogo construtivo perante as autoridades e instituições com responsabilidades no domínio da História da Arte.

Para fomentar a prática e a visibilidade da disciplina, a APHA disponibiliza hoje aos seus associados diversas ferramentas, como a base de dados sobre projectos e investigações em História da Arte Portuguesa, um conjunto de recursos electrónicos e informações regulares sobre oportunidades e iniciativas, nacionais e estrangeiras, no âmbito da História da Arte.

 

Facebook

 

 

 

APHA – Divulgação, email semanal:

Devido a dificuldades técnicas, não nos está a ser possível remeter o nosso boletim semanal. Pelo facto, pedimos desculpas. Tentaremos reparar a falha com a brevidade possível.

As novidades de âmbito científico, na área da história da arte e campos disciplinares próximos, continuarão a ser divulgadas na nossa página de Facebook.

 


Assembleia Geral da APHA

Recordamos que se realiza no próximo dia 28 de Março, às 18 horas, na Casa-Museu Dr. Medeiros e Almeida, em Lisboa.

 

 

 

 

 

 

 

 


Lançamento do Livro De Todas as Partes do Mundo: O Património do 5.º Duque e Bragança, D. Teodósio I

28 de Março | Palácio Foz | Lisboa.

A obra, tal como o projecto de investigação FCT  homónimo de que resulta, é coordenada por Jessica Hallett e Nuno Senos.

 

 

 

 


 

Congresso Internacional “Nicolau Chaterene e a Prática Escultórica no Contexto das Artes do Século XVI”

22 a 24 de Outubro | Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Este evento científico é uma organização do ARTIS – Instituto de História da Arte (FLUL) e do CLEPUL – Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias (FLUL), em parceria com a CIDH – Cátedra Infante D. Henrique para os estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (UAb) e com a Escola Superior de Artes Aplicadas (IPCB); contando, ainda, com o apoio da Red Temática de Investigación Cooperativa sobre el Arte Tardogótico (Siglos XV-XVI).

Pretende-se que seja um fórum de debate e de reflexão sobre as últimas investigações científicas desenvolvidas no contexto da escultura do Renascimento, em Portugal e na Europa, e, assim, reunir um conjunto significativo de investigadores, nacionais e internacionais, que nos seus trabalhos abordem as diversas problemáticas definidas como áreas temáticas do congresso: Nicolau Chanterene e o seu tempo; Intercâmbios de artistas, formas e ideias em Portugal e na Europa; Prática escultórica e suas especificidades; Técnicas e materiais; A escultura no contexto da arquitetura; Geografias oficinais; Estéticas em diálogo: Tardo-gótico e Renascimento; Escultura e iconografia; Fontes e modelos; Teoria da imagem; Práticas de conservação e restauro de escultura; Património escultórico no contexto do colecionismo e da museologia.

A chamada para propostas de comunicação encontra-se aberta até ao dia 30 de Abril.

 


 Celebração de protocolo entre a APHA e o Comité Español de Historia del Arte (CEHA)

A APHA e o CEHA assinaram um protocolo de cooperação com vista a promover e divulgar a História da Arte e os profissionais que a ela se dedicam no espaço ibérico.

O memorando foi ratificado na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, no dia 20 de Novembro de 2017, por ocasião do III Congresso Internacional do Tardo-Gótico, que contou o apoio de ambas as Associações.